Giannini True Reverber - Problema com Pilot Light

Discussão em 'Manutenção e Assistência Técnica' iniciado por Gustavo, 9/2/17.

  1. Gustavo

    Gustavo Forista Novato

    Registro:
    7/2/16
    Mensagens:
    1
    Likes Recebidos:
    1
    Pontos:
    1
    Oi pessoal,

    Antes de mais nada, já adianto que sou completamente newbie na área de valvulados. Aqui vai minha dúvida. Tenho um Giannini True Reverber I e a luzinha (pilot light) parou de acender. Ao inspecionar com calma, vi que a lâmpada estava funcionando, mas estava com mal contato. Quando fui remover a lâmpada pela segunda vez, não tive cuidado suficiente e o soquete veio junto. Quase certeza, então, que o problema estava na solda do soquete. Fato é que preciso então resoldar os fios do ampli no soquetezinho. Tem dois fios no ampli, um amarelo e um verde. Eles estão twisted e ambos vem de uma das válvulas do power. Minha dúvida é a seguinte. Há alguma ordem específica sobre qual dos fios deve ir pro terra do soquete e qual deve ir pro positivo? Ou posso soldar "de qualquer jeito"? Obrigado
     
    jfonseca curtiu isso.
  2. Ronconi

    Ronconi Usuário PRO / Fabricante

    Registro:
    9/2/15
    Mensagens:
    92
    Likes Recebidos:
    44
    Pontos:
    18
    Cidade:
    Nova Veneza - SC
    É corrente alternada que está circulando aí. Tanto faz.
     
    jfonseca curtiu isso.
  3. marfu

    marfu Veterano

    Registro:
    29/9/16
    Mensagens:
    103
    Likes Recebidos:
    50
    Pontos:
    28
    Coloca o fedback. Com fotos.
     
  4. kt66

    kt66 Veterano

    Registro:
    28/1/15
    Mensagens:
    16
    Likes Recebidos:
    12
    Pontos:
    3
    Tive um desses mais infelizmente na epoca não mexia com a eletronica e nunca abri para modificar ou tirar fotos. Vendi barato quando o tempo fecho e depois arrependi.
     
    jfonseca curtiu isso.
  5. jfonseca

    jfonseca Veterano

    Registro:
    1/2/07
    Mensagens:
    1,190
    Likes Recebidos:
    66
    Pontos:
    48
    Cidade:
    Brasília
    Site:
    Tem alguns equipamentos que vendi no começo dos anos 90 e que até hoje não me perdoo. Mas é a vida, vão-se alguns anéis, ficam os dedos!
     

Compartilhe esta Página