EL34 Mullard

Jota Jota

Forista Registrado(a)
Registro
29/1/18
Mensagens
20
Aprovações
2
Pontos
3
#1
Olá pessoal, boa tarde.
Apareceu um oportunidade de comprar 4 válvulas EL34 Mullard de power pro meu cabeçote.
O lance é que elas são vendidas individualmente, sem pares ou quartetos casados...
Vale a pena comprá-las assim separadas, e será que na troca existe possibilidade de equacionar a emissão somente no ajuste de bias?
Obrigado e abraços!
 

jfonseca

Veterano
Registro
1/2/07
Mensagens
1,252
Aprovações
80
Pontos
48
Cidade
Brasília
Website
Valvulados.com
#2
Olá pessoal, boa tarde.
Apareceu um oportunidade de comprar 4 válvulas EL34 Mullard de power pro meu cabeçote.
O lance é que elas são vendidas individualmente, sem pares ou quartetos casados...
Vale a pena comprá-las assim separadas, e será que na troca existe possibilidade de equacionar a emissão somente no ajuste de bias?
Obrigado e abraços!
Oi Jota Jota. Infelizmente não vale a pena.

As lojas fazem casamento dos lotes que compram pra poder vender os conjuntos, que é onde conseguem mais lucro. Quando sobram válvulas avulsas assim é porque realmente não casaram com quaisquer outras válvulas do lote inicial. Pode dar sorte, mas normalmente quando ficam avulsas são bem descasadas. Se você desse sorte de estarem a menos de 7% de diferença de corrente quiescente uma da outra, poderia até "enganar".


Divagação: Em tese, se você tivesse uma tensão de bias diferente para cada válvula, poderia polarizar cada uma para dar a mesma corrente quiescente das demais. Em amps pra guitarra eu não conheço na prática algum que tenha esse sistema de bias individual. Mesa Boogie tem o tal do simulclass que é pra pares complementares, aí você pode usar ao mesmo tempo um par 6L6 e um par EL34 por exemplo, um par com bias mais quente e outro com bias mais frio. A Mesa patenteou essa idéia com esse nome sofisticado. Mas não é bias individual, é por pares.

O que acontece também é que quando a válvula dá corrente diferente em repouso, ela normalmente também terá ganho diferente em diferentes pontos de funcionamento quando o áudio chegar nela, então mesmo que tivesse um ajuste de bias inicial por válvula, essa tensão de polarização não corrige todos os outros pontos de funcionamento. Em DC ela está casada mas em outras frequências uma estaria trabalhando mais que a outra ou dando distorção de crossover.
 

Jota Jota

Forista Registrado(a)
Registro
29/1/18
Mensagens
20
Aprovações
2
Pontos
3
#3
Oi Jota Jota. Infelizmente não vale a pena.

As lojas fazem casamento dos lotes que compram pra poder vender os conjuntos, que é onde conseguem mais lucro. Quando sobram válvulas avulsas assim é porque realmente não casaram com quaisquer outras válvulas do lote inicial. Pode dar sorte, mas normalmente quando ficam avulsas são bem descasadas. Se você desse sorte de estarem a menos de 7% de diferença de corrente quiescente uma da outra, poderia até "enganar".


Divagação: Em tese, se você tivesse uma tensão de bias diferente para cada válvula, poderia polarizar cada uma para dar a mesma corrente quiescente das demais. Em amps pra guitarra eu não conheço na prática algum que tenha esse sistema de bias individual. Mesa Boogie tem o tal do simulclass que é pra pares complementares, aí você pode usar ao mesmo tempo um par 6L6 e um par EL34 por exemplo, um par com bias mais quente e outro com bias mais frio. A Mesa patenteou essa idéia com esse nome sofisticado. Mas não é bias individual, é por pares.

O que acontece também é que quando a válvula dá corrente diferente em repouso, ela normalmente também terá ganho diferente em diferentes pontos de funcionamento quando o áudio chegar nela, então mesmo que tivesse um ajuste de bias inicial por válvula, essa tensão de polarização não corrige todos os outros pontos de funcionamento. Em DC ela está casada mas em outras frequências uma estaria trabalhando mais que a outra ou dando distorção de crossover.

Olá jfonseca, obrigado pela explanação (mais uma....)! Abção!