Amplificador pegando rádio, o que devo fazer?

jfonseca

Veterano
Registro
1/2/07
Mensagens
1,256
Aprovações
80
Pontos
48
Cidade
Brasília
Website
Valvulados.com
#1
Aqui em Brasília tinha um estúdio onde tocávamos nos anos 90 que fica a uns 2km da Torre de TV (pesquisando no Google tive a grata surpresa de saber que o estúdio ainda está lá). O Valvestate VS100 do estúdio pegava rádio Transamérica, dava para ouvir aquele jingle no meio da música. Como eu não podia sair mexendo no setup do estúdio, deixamos ficar, mas eu desconfiava que a antena estava sendo o tanque de reverb. Nunca descobri ao certo se era realmente essa a fonte da captação de RF.

Quando o seu amp pega rádio, tem que ir isolando o problema, testando várias configurações até encontrar "quem" está formando o circuito ressonante. Para combater a captação de rádio, é preciso entender que para isso acontecer deve haver uma combinação de componentes, em algum lugar, dentro e fora do amplificador, que formam um tanque ressonante na frequência portadora ou harmônico da rádio. O mais comúm é o amplificador pegar rádio AM devido tanto ao fato da própria guitarra ser um equipamento modulado em AM, ou seja, ao captar a rádio AM é exatamente a mesma coisa que amplificar sinais oriundos do captador magnético, como também pelas frequências AM que ficam na faixa que componentes típicos de guitarras e amplificadores conseguem conspirar para sintonizar.

Aqui vai um breve exemplo de roteiro para diagnosticar e tentar resolver captação de rádio no seu amplificador.

1) Ligar o amp sem guitarra plugada. Joga o vol no 10, o amp sozinho pega rádio?
2) Testa a guitarra em uma pedaleira com fone de ouvido e liga um setting hi gain, ainda pega radio?
3) Mudando a guitarra de posição altera o nível do rádio? Se alterar, temos um circuito ressonante formado com a guita(antena).
4) Abaixe todo o volume do reverb. As ligações do tanque de reverb pode virar uma antena em alguns casos.
5) Ouça o sinal do SEND do loop de efeitos em outro amplificador (ligue o SEND do amp na entrada de outro amp ou em um amp de fone de ouvido) sem qualquer pedal plugado, caso a interferência esteja lá o problema está no pré-amplificador

No caso 1 se o amp pegar rádio, a interferência é bem forte e você precisará tomar medidas drásticas como instalar uma tela fina de metal na janela, verificar o aterramento do edifício e buscar de alguma maneira formar uma gaiola de Faraday no seu ambiente onde pratica. Talvez o prédio não tenha aterramento real. Os caras fazem uns aterramentos tabajara e você fica achando que tem 3o pino mas na realidade não tem proteção, o que é inclusive indesejável para outros equipamentos domésticos onde você acha que tem aterramento e não tem. Conheço gente que instala aterramentos há muitos anos e já me contaram histórias de picaretagens imensas que fazem para simular um aterramento tabajara só para receber o laudo técnico, sem se preocupar em garantir que o terra realmente seja capaz de conduzir corrente suficiente para salvar uma pessoa. Ou, em nosso caso como guitarristas, sugar a interferência do ar. Aliás a captação de rádio em um amplificador que está aterrado é um forte sinal de que seu aterramento está no mínimo mal ligado na tomada.

Se o sinal de rádio estiver vindo pela alimentação do amplificador ou dos pedais, então tem que revisar seu amplificador pois pode estar com os capacitores da fonte com alta ESR. Se os caps não estão filtrando o RF, o que é fácil para um capacitor de grande porte como os dos filtros principais, então há problema na sua fonte e o amp precisa ser revisado urgentemente.

As válvulas são mais propensas à captação de ruídos acústicos, devido à sua microfonia natural. Em tese poderiam captar RF mas nunca vi isso acontecer, até porque a parte mais exposta das válvulas é ligada na alta tensão da fonte. Para que a válvula injetasse um sinal no circuito, teria de ser uma fonte de RF extremamente poderosa, muito próxima, e também a fonte do amp estaria suspeita por não filtrar esse RF.

O caso 2 é complicado também porque você precisará formar uma gaiola de Faraday em torno da guitarra de alguma maneira. Uma fina tela de metal na janela e parede virada para a fonte de interferência, ligada no aterramento ou neutro da rede, deve matar a interferência. Ligar tal gaiola na FASE da rede também elimina a interferência, mas não preciso dizer que isso é uma péssima idéia.

Caso 3: mesma coisa do caso 2, só confirma que a guitarra está sendo antena sintonizada no canal da rádio. Precisa isolar o ambiente em torno da guitarra, o que só ocorre com gaiola de Faraday ligada no aterramento ou neutro.

Caso 4: Se o problema é no reverb, deve blindar os fios de envio e retorno do tanque. Se blindagem ligada ao chassi do amp não resolve, o problema é novamente o aterramento.

Caso 5: O problema está no pré. Pode haver alguma oscilação parasítica no pré, devido a fios mal organizados ou defeito em algum componente. Se o pré-amplificador estiver oscilando na mesma frequência da rádio, ou frequência próxima, ele irá captar sinal de rádio e também irá comprometer o timbre do instrumento. Essa oscilação é difícil de diagnosticar porque nosso ouvido não consegue ouví-la. Algumas vezes só de reorganizar os fios dentro do chassi pode corrigir a oscilação parasítica.

Perigo

Em última instância tem um truque que se pode tentar mas é muito perigoso e recomendo contra que é ligar o neutro da rede direto no chassi do amp, aí sempre some toda interferência. Mas vc estará segurando as cordas da guita ligadas direto no neutro da rede e se inverter a tomada sem querer será uma fatalidade certa, então não faça. Especialmente no palco, nem pensar em fazer isso porque há casos de acidentes graves, infelizmente há técnicos irresponsáveis que usam esse truque e o músico deve saber que ele existe, por isso o citei aqui.

Mas esse truque silencia qualquer amp e pode ser usado por um profissional para detectar se o aterramento é que está faltando. Ocorre que quem devia fazer este papel do neutro é o aterramento, que provavelmente está prejudicado nesse local onde se pega rádio no amp. NÃO USE ESTE TRUQUE, O ELENQUEI APENAS A TÍTULO DE CURIOSIDADE TÉCNICA E PARA TÉCNICOS EXPERIENTES TESTAREM SE É O CASO DE NÃO HAVER TERRA. SE O NEUTRO FUNCIONAR E O TERRA NÃO, SIGNIFICA QUE O TERRA ESTÁ PREJUDICADO. Neste caso um eletricista profissional deve ser contratado para consertar o terra.

Conclusão

Em casos extremos deve-se construir uma gaiola de faraday, instalando telas condutivas nas janelas e paredes. Estas telas metálicas finas devem ser ligadas no aterramento da rede. Caso o aterramento falhe em silenciar o ambiente, mas o neutro da rede o faça, então deve reclamar com a engenharia do prédio ou, se for casa, contratar alguém especializado para verificar o aterramento com um terrômetro profissional para avaliar por que este circuito não está sendo capaz de suprimir a interferência.

Espero que essas dicas ajudem a diagnosticar e resolver o problema de interferência de rádio nas proximidades de seu local de prática.